sweet nineteen


Mais um ano que passou. Sorrisos, lágrimas, pessoas, encontros e desencontros, ilusões e desgostos. Tu, ele, mais ela e o outro. Discussões e desilusões. Motivos de orgulho. Ares frescos e locais sufocantes. Gentes interessantes e gentes irritantes. Os cafés das 10h com elas, o cigarro das 8h a caminho das aulas. Os amigos que ficaram para trás, os novos amigos e os que nunca nos abandonaram. Os amores impossíveis. O ele, que é tudo agora. As saudades que nunca morrem, que magoam mas que mostram que quem é importante nunca se esquece e que a amizade e o amor são incondicionais, mesmo em mundos diferentes.Chuvas, ventos e tempestades. Sol, praia, festas e boa disposição. Passou-se tanta coisa neste ano de vida que não encontro os termos certos para o descrever. Andei direito por linhas tortas e tudo o que quero agora é endireitar-me.
Obrigado a todos que sempre me apoiaram, a todos que nunca me abandonaram. Obrigado aos que me abriram os olhos e aos que me criticaram. Com vocês aprendi que a vida não é mais do que aquilo que fazemos dela. Com vocês aprendi que os nossos erros são o pilar do nosso crescimento enquanto seres humanos, que as nossas atitudes definem o nosso carácter e que a nossa dignidade está acima de muitos valores.

Sem mais nada a dizer, parabéns a mim!

1 comentário:

MarcelaMaia disse...

Sigo e já agora parabéns.